Ajudar toca a todos. E soa bem.

14-02-2016 10:13

"O voluntariado para mim é mais que um hobby. É algo que me preenche, me ensina, faz crescer como pessoa. A CVP abriu-me as portas, permitindo-me ajudar os outros em situações de emergência. No final de cada serviço o sentimento é de satisfação, de realização e...com vontade de continuar!" (Eduarda, 29 anos)

Faz como a Eduarda. Junta-te a esta enorme orquestra humanitária.